7 dicas para comprar um capacete

7 dicas para comprar um capacete

7 dicas para comprar um um capacete.

Pode ser o seu primeiro capacete ou apenas ou um novo, mas são dúvidas que todos acabam tendo na hora de cuidar do seu capacete e até na hora de saber o momento certo de quando troca-ló. 

Experimente o máximo possível de capacetes que estejam na sua faixa de preço. Daqueles que se encaixam corretamente e são confortáveis , selecione um com alta classificação de segurança.

1) TAMANHO

Tamanho. Para ser efetivamente seguro e confortável, o capacete deve obrigatoriamente se ajustar bem à cabeça. Para saber o seu tamanho, passe uma fita métrica em volta da cabeça, na altura da testa. Por exemplo, caso a circunferência da sua cabeça seja 58 centímetros, seu número de capacete será 58. A parte posterior do capacete deve ficar bem junta ao pescoço e à parte anterior à testa (o ideal é que não passe o polegar entre o capacete e a cabeça).

7 dicas para comprar um um capacete

Homem tirando a medida da sua capacete com uma fita métrica.

Mas atenção: experimente pelo menos dois tamanhos para encontrar aquele que melhor se ajusta.
Outra dica: antes de comprar um modelo pela internet, vá á uma loja e verifique se o tamanho indicado pelo fabricante é realmente compatível com as suas medidas. 7 dicas para comprar um capacete

2) QUALIDADE – SHARP
7 dicas para comprar um um capacete

Selo Sharp

Sharp é um acrônimo para Safety Helmet Assessment and Rating Programme, um programa do governo britânico para testar a qualidade dos capacetes vendidos no Reino Unido.
Mas estamos no Brasil, o que isso importa? Bem, aqui a legislação exige que o capacete seja certificado pelo Inmetro, e sem querer entrar muito no mérito da qualidade dos testes efetuados, mas já entrando, o Grupo de Mecânica dos Sólidos e Impacto em Estruturas da Universidade de São Paulo, enviou em 2015 uma amostra de capacetes fabricados no Brasil para serem testados pela Sharp, e o resultado foi que dois dos três capacetes nacionais receberam nota 0. Nem sequer poderiam ser vendidos na Europa.

Voltando para o Brasil, aqui temos a cultura de que quanto mais caro o produto, melhor e mais seguro ele é, mas podemos ver que nem sempre isso é verdade. Ao analisar os testes da Sharp, vemos que capacetes como o LS2 FF358, que custa em média R$ 500,00, recebeu 4 estrelas no teste, enquanto o FF397 da mesma marca, e que custa R$ 1000,00, recebeu apenas 3 estrelas. Então em um universo enorme de variedades de marcas e modelos, o teste da Sharp pode ajudar na sua decisão. Assim você pode comprar um capacete que ofereça o máximo de proteção sem ter de gastar os tufos!

Para consultar os testes, acesse aqui.

3) FORRO
7 dicas para comprar um um capacete

Forro de capacete removível e lavável.

Deve ser confortável, absorver bem o suor e ter uma boa capacidade de respiração. Prefira os capacetes com forros removíveis, assim, ele poderá ser facilmente lavado. Leia nos tópicos anteriores como limpar seu forro.

4) VISEIRA

Prefira as viseiras feitas com um plástico mais grosso e com tratamento anti risco, pois duram muito mais que as demais. Além disso, verifique se é possível substituí-la. É muito importante conseguir efetuar as trocas pois elas podem riscar e até mesmo danificar.

5) VENTILAÇÃO

É muito importante manter o capacete arejado evitando o embasamento da viseira. Além disso, esse sistema é a principal causa de ruídos no capacete. Quanto mais aerodinâmicos (com formas arredondadas) for, menor será o ruído.

6) USO DE ÓCULOS

É importante notar se o capacete permite utilizar confortavelmente seus óculos de sol ou de grau. Caso o capacete não possua viseira, é obrigatório o uso de óculos de proteção, que permitam o uso simultâneo de óculos comuns. Lembre-se, proteger sua vida nunca é demais.

7) TROCA

Os fabricantes recomendam a substituição do capacete depois de três anos de sua compra e cinco anos depois da fabricação. Decorridos esses tempos, a fadiga natural dos materiais que o compõem pode comprometer o poder de absorção de impacto e, consequentemente, a segurança do usuário.
Ponto importante: Nunca compre capacete usado. Ele pode ter sofrido pancadas ou acidentes e você não terá a percepção do dano. E com o tempo o forro se adapta ao formato da cabeça e é fundamental que ele você tenha um que se encaixe perfeitamente em você para garantir ainda mais sua segurança.

Dúvidas gerais:

Derrubei meu capacete, preciso troca-ló?

Experimente o máximo possível de capacetes que estejam na sua faixa de preço. Daqueles que se encaixam corretamente e são confortáveis , selecione um com alta classificação de segurança

Como manter limpo meu capacete?

Por semana o indicado é limpar as aberturas de entrada de ventilação, usando uma escova de dentes ou um cotonete. Por mês recomendamos que olhe a instrução de lavagem das almofadas que veio em seu capacete pois cada um é diferente do outro. 7 dicas para comprar um capacete

Meu capacete pegou cheiro, o que devo fazer?

Antes de seguir qualquer passo para lavar o forro é importante ler as instruções que acompanham o capacete. Cada fornecedor e cada modelo possui um cuidado especial.
Mas em grande parte para tentar remover o odor, primeiro devemos retirar o forro. Sabonetes antibacterianos ajudam na retirada das bactérias. Usar água morna é outra arma. Com ela, você consegue retirar a gordura do suor que fica no capacete. Algumas pessoas utilizam shampoo infantil, pois esses possuem antibactericidas em maior quantidade.

Após lavar todo capacete, inclusive suas viseiras, deve-se deixar o equipamento secar à sombra. Após secar, deve-se aplicar cera automotiva na parte externa, para conservar o capacete limpo por mais tempo. Na viseira, para evitar que produtos ressequem e consequentemente embacem a visão do motorista, recomenda-se que ela seja limpa com algodão, água e sabão.

Dica importante: nunca use álcool, sabão em pó, nem detergente. Esses produtos podem causar danos à respiração e à pele dos motociclistas!

Posso usar o capacete de outras pessoas não sendo meu tamanho?

Infelizmente não. Essa pergunta é bem importante pois muitas pessoas acabam comprando um capacete para usar em conjunto quando tiver alguém na garupa. E o capacete é um dos itens de proteção mais importantes quando falamos de moto. Ele garante uma vida. Quando se usa um capacete maior que seu tamanho ideal, ele pode escapar em uma batida e pode comprometer sua vida. Por isso é bem importante usar o tamanho ideal e sempre manter fechado a trava de segurança. Parece ser bobeira, mas é algo pequeno que você faz que pode garantir um acidente grave.

Agora que você já sabe como escolher o capacete ideal, confira todos nossos modelos clicando aqui.

Nos siga nas redes sociais:

Escreva um comentário

Subir ao topo